Eu acredito

Um predador sexual não precisa que a esperança transite em julgado ilibando-o. A lei acoberta-o nos cobertores mais quentinhos. Os amigos abraçam-no e acarinham a pessoa de bem que julgam inocente, porque não conhecem outra. Porque com eles nunca ele manifestou a sua sede por domínio e poder sexual com a vítima. O predador sexual…

The post Eu acredito appeared first on Notícias Online.