Encontros Imaginários na Amadora

Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos [Venteira]

Informações do evento
Data: 11 Fevereiro 2019
Hora: 21:30
Local: Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos
Morada: Avenida Conde Castro Guimarães, 6 Venteira
Detalhes

A próxima sessão dos Encontros Imaginários na Amadora realiza-se na Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, no próximo dia 11 de fevereiro (segunda-feira), entre as 21h30 e as 23h00, e recordará Howard Hughes, Lenin e Madame Pompadour.
Esta iniciativa é organizada pela Associação Aappf e pelo Teatro Passagem de Nivel, e conta com o apoio da Amadora Município, da A BARRACA Teatro, Telefonia da Amadora e TVAmadora. Nestes encontros, pretende-se fomentar o confronto de ideias, através de personagens marcantes da História da Humanidade.

Entrada livre.

 

Sinopse | Howard Hughes / Lenin / Madame Pompadour
«Aqui não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação, apenas o confronto de ideias através de personagens marcantes da História da Humanidade.
Howard Robard Hughes Jr. (Humble, 24 de dezembro de 1905 – Houston, 5 de abril de 1976) – foi um aviador, engenheiro aeronáutico, industrial, produtor de cinema, diretor cinematográfico e um dos homens mais ricos do mundo.
Vladimir Ilitch Lenin ou Lenin (Simbirsk, 22 de abril de 1870 – Gorki, 21 de janeiro de 1924) – revolucionário e Chefe de Estado russo, responsável em grande parte pela execução da Revolução Russa de 1917, líder do Partido Comunista, e primeiro presidente do Conselho dos Comissários do Povo da União Soviética. Considerado pelo historiador Eric Hobsbawn,”o personagem mais influente do século XX”.

Madame Pompadour – uma cortesã francesa e amante do Rei Luís XV, era dotada de inteligência, encanto, beleza, e tornou-se numa secretária confidencial do Rei. Governava Versalhes, concedia audiências a embaixadores e tomava decisões sobre todas as questões ligadas à concessão de favores, de forma tão absoluta como qualquer monarca. Entre várias decisões, incentivou a fundação da fábrica de porcelanas de Sèvres».

Texto: Associação Amadora, Passado, Presente e Futuro

 

Sobre os Encontros Imaginários:
Uma iniciativa do encenador e dramaturgo Hélder Costa do Grupo de Teatro A Barraca.
“O percurso irregular do Conhecimento e da Cultura, na Política, na Arte, na Economia, nas Religiões e na Ciência. Nas palavras do próprio autor, “os Encontros Imaginários não são uma peça de teatro, são sim um exercício de para-teatro, não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação. São uma demonstração pública que a aprendizagem pode ser lúdica, agradável e de dimensão popular. Ser culto sem ser elitista e popular sem ser populista.”
Associação Amadora Passado Presente e Futuro

 


Local
Toca agora

Título

Artista/Autor

Background