Encontros Imaginários na Amadora

Auditório de Alfornelos [Alfornelos]

Informações do evento
Data: 22 Abril 2019
Hora: 21:30
Local: Auditório de Alfornelos
Morada: Praça José Afonso, 15-E Alfornelos
Detalhes

A próxima sessão dos Encontros Imaginários na Amadora realiza-se no Auditório de Alfornelos no dia 22 de Abril (segunda-feira), às 21:30, e recordará Cesar Borgia, Cagliostro e José Afonso.

Esta iniciativa é organizada pela Associação Aappf e pelo Teatro Passagem de Nivel, e conta com o apoio da Amadora Município, da A BARRACA Teatro, Telefonia da Amadora e TVAmadora. Nestes encontros, pretende-se fomentar o confronto de ideias, através de personagens marcantes da História da Humanidade.

Entrada livre.

 

Sinopse | Cesar Borgia /Cagliostro / José Afonso
«Aqui não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação, apenas o confronto de ideias através de personagens marcantes da História da Humanidade.
César Bórgia, o célebre príncipe, cardeal e nobre italiano da Renascença que inspirou  “O Príncipe” de Maquiavel. Figura amoral, de uma boçalidade cruel e animalesca é bem o simbolo da decadência do Vaticano e da Itália das Repúblicas.

Cagliostro. Figura controversa do século XVIII, Cagliostro, como ficou conhecido, dizia ter poderes sobrenaturais. Por conta da fama, circulou entre a nobreza europeia, mas foi preso por ter aplicado golpes. Sua credibilidade foi contestada principalmente depois da sua morte.

José Afonso “trovador da esperança” é um cantor e compositor português. É também conhecido pelo diminutivo familiar de Zeca Afonso, apesar de nunca ter utilizado este nome artístico.

Texto: Associação Amadora, Passado, Presente e Futuro

 

Sobre os Encontros Imaginários:
Uma iniciativa do encenador e dramaturgo Hélder Costa do Grupo de Teatro A Barraca.
“O percurso irregular do Conhecimento e da Cultura, na Política, na Arte, na Economia, nas Religiões e na Ciência. Nas palavras do próprio autor, “os Encontros Imaginários não são uma peça de teatro, são sim um exercício de para-teatro, não há textos decorados, não há cenários, não há iluminação. São uma demonstração pública que a aprendizagem pode ser lúdica, agradável e de dimensão popular. Ser culto sem ser elitista e popular sem ser populista.”
Associação Amadora Passado Presente e Futuro

Local
Toca agora

Título

Artista/Autor

Background