Falta-me Vontade de Escrever

Helena Durães

Falta-me vontade de escrever. Sabes o que é isso? Falta-me vontade de escolher as melhores palavras e juntá-as num raciocínio lógico e com clareza.  Sabes o que é isso? Falta-me vontade de escrever um texto longo, explicativo, filosófico e pensante. Falta-me vontade de ser clara. Não consigo ordenar o que […]

Gostava Tanto de Te Ver…

Helena Durães

Às vezes queria ver-te… Assim, ao de longe. Noutras ocasiões, só o meu mero pensamento de te poder ver, agonia-me. Encho-me de medo da cabeça aos pés. Mas, hoje não. Hoje é um dos dias em que gostava de te ver, assim… ao de longe… quase em segredo, como se […]

O Peso das Máscaras Sobrepostas

Helena Durães
Durante muitos anos não conseguia compreender como é que alguém era capaz de cometer suicídio. Não conseguia racionalizar o que poderia levar a alguém a tirar a própria vida. Pensei muitas vezes que isso era sinal de fraqueza. Não no sentido depreciativo, mas no verdadeiro sentido da palavra. Ou seja, [...]

Acordei-te?

Helena Durães

Abro os olhos devagar. A primeira coisa que vejo são as suas coxas, que albergam em si aquele conjunto de folhas que o acompanha desde que aqui cheguei. Deitada de barriga para baixo, estou com alguma dificuldade em me mexer. Quero ficar ali para todo o sempre. Suspiro ao de […]

Lê-me Um Poema

Helena Durães

Lê-me um poema como se fosse o teu último e o meu primeiro escrito que me alerta os sentidos e me queima a pele. Lê-me um poema, assim, desprendido e inócuo sem sentido e comedido. Lê-me um poema com significado e encorpado, entusiasmante e brilhante. Lê-me um poema bonito que […]

Saudades de Casa

Helena Durães

As janelas estão abertas. Hoje, o sol apareceu e eu gosto que a luz entre pela casa. O tempo está mais quente, o que também é agradável. Ultimamente, não tenho tido vontade de ter a televisão ligada, apesar do tempo que tenho passado em casa, muito mais do que o […]