Bárbara Tinoco e Bárbara Bandeira na “Cidade” [LETRA]

“Cidade” é o primeiro single a ser revelado do EP de colaborações de Bárbara Tinoco. Com a participação de Bárbara Bandeira, este é um dos temas do EP que será apresentado na íntegra ao vivo no dia 29 de abril no Casino Estoril.

O single faz-se acompanhar de um vídeo gravado no Porto. A narrativa surge da ideia de enfrentar o contraste entre ambas, o moderno e o vintage. Um equilíbrio de dois mundos diferentes, duas perspetivas, um amor que termina e um amor que vence, através de duas estéticas e duas épocas que navegam na mesma dimensão.

Bárbara Tinoco e Bárbara Bandeira - Cidade - letra

Sobre este tema Bárbara Tinoco refere “Como todos os encontros modernos, tudo começou no Instagram. Uma bela tarde de verão e um coração acelerado por causa de convite inesperado para uma sessão. De uma Bárbara para uma Bárbara. Numa noite normal, juntámos numa sala, um guitarrista que chegou com uma composição bonita, (conhecido por todos como Maninho), um dos melhores compositores que conheço (que por acaso é o meu melhor amigo Tyoz), uma Bárbara com uma voz especial, e eu! De repente estávamos a cantar sobre luzes da cidade, as estrelas e o amor que acaba. Obrigado Bárbara Bandeira, foi tudo porque um dia mandaste uma mensagem num Instagram”.

Para além de Bárbara Bandeira o EP contará com a colaboração de António Zambujo, Carolina Deslandes, Carlão, Diana Martinez e Tyoz.

Bárbara Tinoco e Bárbara Bandeira – Cidade [LETRA]

Hoje eu posso ir,
Posso ficar,
Podia ir rápido e depois voltar,
Mas tu não dês conversa à, à minha vontade de desconversar.

Estou atrasada,
Só meia hora,
Na verdade, só não quis chegar a horas,
Nem gosto de, café mas olha, já que aqui estou agora, agora.

Cala-te tu não estás nada, não estás a nada querer ir pra casa, ele até parece graça…

REFRÃO:
E eu até queria ver as estrelas,
Que a noite nem parece a mesma sem elas,
E a cidade são só luzes,
A cidade são só luzes.
E eu até queria ver as estrelas,
Mas as pessoas brilham e as luzes delas,
E a cidade são só luzes,
A cidade são só luzes.

Eu não consigo vê-las.

Não estou sozinha,
Estou bem acompanhada,
Ao que parece toda a gente quer estar apaixonada,
E eu ainda, me sinto meio, me sinto meio tua namorada.

Cala-te tu não estás nada, não estás a nada querer ir pra casa, ele até parece graça…

REFRÃO:
E eu até queria ver as estrelas,
Que a noite nem parece a mesma sem elas,
E a cidade são só luzes,
A cidade são só luzes.
E eu até queria ver as estrelas,
Mas as pessoas brilham e as luzes delas,
E a cidade são só luzes,
A cidade são só luzes.

E eu não consigo vê-las.

Eu não consigo,
Vê-las. X3
Eu não consigo,
Vê-las. X2
Eu não consigo.

Eu não consigo,
Vê-las. X3
Eu não consigo,
Vê-las. X2

Eu não consigo.

O post Bárbara Tinoco e Bárbara Bandeira na “Cidade” [LETRA] aparece primeiro no MIP Música.